Página inicial » Interestelar (2014) Torrent Dublado e Legendado

Interestelar (2014) Torrent Dublado e Legendado

Interestelar - PosterBaixar Filme: Interestelar Torrent – O fim da terra não será o nosso fim.

Título original: Interstellar

Direção: Christopher Nolan
Gênero: Aventura, Drama, Ficção Científica

8.672%74/100

Lançamento: 2014
Duração: 169 min.

Qualidade de Áudio: 10
Qualidade de Vídeo: 10

Prêmios: Ganhou 1 Oscar. Mais 43 vitórias e 148 indicações.
Produção: Legendary Pictures, Syncopy, Lynda Obst Productions

Sinopse: As reservas naturais da Terra estão chegando ao fim e um grupo de astronautas recebe a missão de verificar possíveis planetas para receberem a população mundial, possibilitando a continuação da espécie. Cooper é chamado para liderar o grupo e aceita a missão sabendo que pode nunca mais ver os filhos. Ao lado de Brand, Jenkins e Doyle, ele seguirá em busca de um novo lar.

Enredo: O futuro da Terra foi cheio de desastres, fomes e secas. Há apenas uma maneira de garantir a sobrevivência da humanidade: viagens interestelares. Um buraco de minhoca recém-descoberto nos confins do nosso sistema solar permite que uma equipe de astronautas vá aonde nenhum homem foi antes, um planeta que pode ter o ambiente certo para sustentar a vida humana.

Baixar Interestelar Dual Áudio Torrent

Baixar Interestelar Dual Áudio Torrent
720pBDRip1,55 GBMKVBaixar
1080pBDRip2,79 GBMKVBaixar
1080pBDRip2,82 GBMKV[IMAX]Baixar
4kBDRip29,5 GBMKVBaixar

 

Baixar Interestelar Dublado Torrent

Baixar Interestelar Dublado Torrent
720pBDRip1,36 GBMKVBaixar
720pBDRip1,51 GBMP4[IMAX]Baixar
1080pBDRip2,60 GBMKVBaixar
1080pBDRip2,69 GBMP4[IMAX]Baixar

 

Baixar Interestelar Legendado Torrent

Baixar Interestelar Legendado Torrent
720pBluRay1,02 GBMP4Baixar
1080pBluRay2,26 GBMP4Baixar
1080pBDRip2,63 GBMP4[IMAX]Baixar

 
Classificação Indicativa: 10 anos.

Estreia no Cinema: 06/11/2014 (Brasil) – 07/11/2014 (Estados Unidos)
Lançamento Digital: 31/03/2015 (Estados Unidos)
 
Orçamento: U$ 165.000.000,00
Bilheterias: U$ 675.120.017,00

Resenhas

**Envolvente, profundamente dramático e cientificamente preciso, tem algumas falhas que são difíceis de perdoar.**

Este filme sci-fi espacial tem uma história interessante e apelativa: num futuro distópico, quase todo o planeta sofre de uma escassez crónica de alimentos, fruto de uma sobrepopulação do mundo, colheitas pobres, maus solos e dificuldades provocadas por pragas cerealíferas. Perante a urgência em alimentar a população e a incapacidade de o planeta conseguir gerar alimentos, a NASA, agora a trabalhar secretamente, cria um programa destinado a encontrar mais planetas com condições de habitabilidade, de modo a salvar a humanidade. Após um acontecimento muito misterioso na sua casa, o antigo astronauta Cooper descobre o projecto e é recrutado, apesar da oposição da sua filha Murph, devendo levar uma equipa para investigar três planetas muito distantes da Terra e apenas acessíveis através de um “buraco de verme” junto a Saturno.

Este é um filme que vale realmente a pena ver, apesar de o roteiro ser feito de erros e acertos e de o filme ter muitas situações confusas, que só parecem estar ao alcance da compreensão de quem tiver um doutoramento em Astrofísica. Muito mais do que um filme sci-fi, é um verdadeiro drama. Uma das coisas que mais me chamou a atenção, e que contribui para a carga dramática, foi o modo como cada personagem tem de sacrificar interesses pessoais em prol de algo maior, e de decidir entre o que querem e o que é necessário fazer para levar adiante a missão. Isto dá ao filme uma carga emocional nem sempre visível em sci-fi e que chegou a ser exagerada. Posso dar o exemplo daquelas trocas de mensagens entre a nave e o nosso planeta, e que apesar de serem úteis na tarefa de tornar as personagens mais humanas e agradáveis, são excessivamente melodramáticas. Também os diálogos por vezes soam artificiais, melodramáticos e cliché. Outra característica que me agradou no filme foi a preocupação com o rigor científico, sempre que foi possível (parabéns, Dr. Kip Thorne). Todavia, mesmo aqui há falhas, com os avanços e recuos espácio-temporais muito mal explicados e um final extremamente confuso. E claro, há falhas que já são usuais no cinema, como a maneira providencial como o protagonista vai “tropeçar” num projecto espacial secreto que não devia conhecer para se tornar no homem certo para a viagem. Há centenas de filmes com falhas parecidas.

O elenco é liderado por Matthew McConaughey, que já havia ganho um Óscar anteriormente e mostra todo o seu carisma e contracena maravilhosamente com as actrizes, particularmente a jovem MacKenzie Foy, muito doce no papel dela. Anne Hathaway também brilhou e esteve bem no papel dela. Igualmente impecáveis estiveram Michael Caine, David Gyasi e, particularmente, Jessica Chastain. Ellen Burstyn também teve tempo para um cameo interessante e honroso. Não gostei muito do trabalho de Matt Damon, penso que a personagem dele é unidimensional e muito pouco interessante. E não entendo o que raios está Casey Affleck a fazer neste filme.

Mas quem realmente merece um aplauso neste filme é o director/roteirista Chris Nolan, quanto mais não seja pela forma ambiciosa com que planeou o filme e pela determinação e empenho que lhe dedicou. Não há dúvida que ele soube tirar o melhor partido do elenco e, apesar de não ter feito um roteiro perfeito, criou uma história apelativa e que não põe a ciência de parte para entrar em devaneios ou delírios criativos. O filme é longo, o ritmo é lento e isso nem sempre se justifica, com o filme a despender muito tempo em cenas e sequências morosas, quase sem um som audível. Apesar disso, é dos filmes mais visualmente extraordinários que vi recentemente. A cinematografia aproveita o melhor da tecnologia CGI e cria cenas espaciais realistas, que foram habilmente complementadas por cenários reais e efeitos especiais tradicionais, que Nolan usou com mestria. A somar a tudo isto, temos excelentes efeitos sonoros e edição de som, a que se junta a extraordinária banda sonora de Hans Zimmer, talvez uma das melhores que o compositor já criou, com uma sonoridade profunda e rica. (Escrita por: Filipe Manuel Dias Neto)

Trailer

Elenco principal

  1. Matthew McConaughey

    Matthew McConaughey

    Joseph “Coop” Cooper

  2. Jessica Chastain

    Jessica Chastain

    Murphy “Murph” Cooper

  3. Anne Hathaway

    Anne Hathaway

    Dr. Amelia Brand

  4. Michael Caine

    Michael Caine

    Professor John Brand

  5. Casey Affleck

    Casey Affleck

    Tom Cooper

  6. Mackenzie Foy

    Mackenzie Foy

    Young Murph Cooper

  7. Timothée Chalamet

    Timothée Chalamet

    Young Tom Cooper

  8. Bill Irwin

    Bill Irwin

    TARS (voice)

Atualizado em: 30 de dezembro de 2020 as 17:10